DúvidasFrequentes.jpg

Se tiver alguma dúvida ou dificuldade em relação ao processo seletivo, entre em contato com a gente pelo telefone: +55 11 91003 0888 (serve também para WhatsApp) ou em contato@projetotravessias.org.br

 

Para dúvidas relacionadas ao projeto, que não foram encontradas aqui na relação abaixo, favor escreva no formulário que responderemos assim que puder.

Obrigado pelo envio!

DÚVIDAS FREQUENTES

Por que não podemos perpetuar a segregação social/racial nas escolas particulares? Quais os impactos disso na educação e na sociedade?

A quase total ausência de negros e indígenas na Escola Vera Cruz afeta uma educação completa dentro das salas de aula, e restringe o diálogo entre diferentes realidades sociais, econômicas e culturais. A vivência em ambiente escolar de maior diversidade social e étnico-racial amplia as possibilidades de compreensão dos alunos quanto aos problemas estruturantes da sociedade brasileira.

Por que concessão de bolsas de estudos com critério racial e não apenas social?

Acreditamos que atuar na reversão das desigualdades decorrentes do racismo estrutural é crucial para avançarmos na construção de uma sociedade democrática e que tal combate deve se dar nos planos institucional, interpessoal e subjetivo.

Por que investir em um projeto de bolsas em uma escola particular?

Somos a favor de uma educação como um bem público, que deve ser garantido com qualidade e a todos.  A educação em nosso país acontece no ensino particular e público, e o combate à segregação e a luta antirracista precisam acontecer em todos os lugares. 

 

Defendemos a agenda de valorização da diversidade em todos os ambientes escolares; especificamente na Escola Vera Cruz, queremos promover o avanço dessa diversidade, rompendo com a segregação social histórica presente em escolas particulares.

 

Acreditamos no projeto político-pedagógico da Escola Vera Cruz para superar obstáculos e criar um ambiente escolar de inclusão étnico-racial e social em que todos possam se beneficiar da diversidade. O Projeto Travessias, por meio da implementação de bolsas, abrirá portas para alunos negros, pardos e indígenas de baixa renda que também acreditam na proposta pedagógica da Escola e valorizam a experiência pretendida pelo Projeto.

 

O Projeto Travessias foi estruturado para que todos se beneficiem da oportunidade de aprendizado proporcionada pela diversidade e pelos diferentes olhares e experiências. Apesar das limitações de escolas particulares como espaço realmente diverso, cremos que todas as instituições educacionais precisam trabalhar na construção de pedagogias antirracistas. Acreditamos que é na escola que começamos a criar o futuro que queremos viver.

 

Quem financia as bolsas na Escola Vera Cruz?

As bolsas, que podem ser totais ou parciais, são financiadas 50% pela Escola Vera Cruz e 50% pela Associação Travessias, a qual tem como doadores famílias da comunidade escolar, com diferentes valores de contribuições, e, também, doadores externos que acreditam na causa e na credibilidade da Escola Vera Cruz para protagonizar a mudança estruturante e antirracista a que o Projeto Travessias se propõe.

Quantos bolsistas serão?

O objetivo do Projeto é ter entre 10% e 20% de bolsistas em cada série, por ano, sendo a principal porta de entrada na Escola Vera Cruz o Grupo 5 (G5), último ano da Educação Infantil. Iniciaremos o Projeto em 2021, com a meta de atingir, gradualmente, 250 alunos bolsistas ao longo dos próximos 13 anos. O número de vagas abertas para ingresso de bolsistas poderá variar a cada ano, de acordo com a captação de recursos da Associação, sem ferir as premissas estruturantes do Projeto.

 

Então quer dizer que não há negros e indígenas na Escola Vera Cruz?

A Escola Vera Cruz sempre teve alunos e professores negros e indígenas ao longo de toda sua história, de quase 60 anos. Porém, eles sempre foram em número muito baixo, reflexo do racismo estrutural da nossa sociedade. Por isso, acreditamos que um Projeto com ações afirmativas seja fundamental para avançarmos na valorização da diversidade dentro das salas de aula da Escola.

Qual o benefício do Projeto Travessias para as crianças?

O racismo estrutural precisa ser combatido em todas as instituições e na formação das crianças isso precisa acontecer desde pequeno. Todos ganham com a diversidade dentro da sala de aula. A vivência em ambientes mais diversos amplia as experiências infantis e oferece novos desafios, enriquecendo a construção do repertório social, afetivo e cognitivo de todos. A constituição de vínculos em um ambiente de relação entre pares, onde todos estão submetidos às mesmas regras e aos mesmos direitos, mediados por profissionais atentos, contribui para a construção de outra matriz de relações raciais.

 

 

O que compreendem as bolsas concedidas no âmbito do Projeto Travessias?


Além do valor da mensalidade da Escola, a bolsa inclui o custeio de uniforme, transporte, alimentação, material escolar e passeios pedagógicos. 

 

 

Quais os critérios para concessão e manutenção das bolsas?

Anualmente, será divulgado um edital público para abertura de inscrições de candidatos, com critérios detalhados para concessão de bolsas. Os candidatos devem ser pretos, pardos e indígenas (a partir de autodeclaração). Outros critérios consideram, por exemplo, renda familiar, irmãos na Escola e tempo de transporte público da casa até a Escola. As bolsas serão renovadas anualmente.

Quem pode se candidatar a uma bolsa?

Todas as crianças que cumprirem os requisitos do edital podem se candidatar, por meio de seus representantes legais.

Crianças negras de pele clara podem se candidatar?

O critério para seleção será o mesmo das cotas para universidades brasileiras: autodeclaração étnica. A seleção contemplará pretos, pardos e indígenas, sem qualquer diferenciação entre tons de pele negra.

 

Em que condições os alunos bolsistas poderão perder a bolsa?

Serão aplicadas as mesmas regras da Escola para exclusão de um aluno ou aluna, aplicáveis a todos.

 

Haverá turmas só de bolsistas, ou um período ou unidade separados?

Não, não haverá turmas só de bolsistas, muito menos uma unidade nem período distinto para os bolsistas. Os alunos bolsistas são parte da Escola, assim como todos os demais alunos. O objetivo do Projeto Travessias é justamente promover o convívio respeitoso e agregador entre todos os alunos, bolsistas ou não.

 

 

Por que não tratar da diversidade de forma mais ampla, abrangendo questões de gênero, orientação sexual e deficiências, por exemplo?

Elegemos a questão racial por ser ela, na nossa visão, a mais urgente — sem desmerecer outros grupos ou minorias. A Escola Vera Cruz conta com alunos deficientes, bem como com alunos de orientação sexual variada e de diferentes identidades de gênero. Já a representatividade de negros ainda é baixíssima. Além disso, no Brasil, a vinculação entre raça e condição socioeconômica possibilita atuarmos para transformar essa realidade por meio da concessão de bolsas de estudo.

Quais são as formas de doação para o Projeto Travessias?

As doações podem ser feitas de forma recorrente ou esporádica, de acordo com escolha do doador,  por meio de boleto, cartão de crédito ou transferência bancária. Para se tornar um/a doador/a e fazer parte deste movimento de transformação, clique em QUERO DOAR.

 

É possível fazer uma doação pessoa jurídica recorrente?

 

Sim, as doações podem ser feitas como pessoa jurídica neste link: https://projetotravessias.colabore.org/doe_travessias_deslocar_o_olhar_pj/people/new

Posso fazer uma doação pontual?

 

Sim, você pode fazer uma doação pontual no cartão de crédito ou boleto bancário por meio deste link (https://projetotravessias.colabore.org/doe_travessias_deslocar_o_olhar_pf/people/new). OU se preferir, pode fazer uma transferência bancária na conta:

Banco Itaú

Ag. 0300

C/C: 45178-8

Associação travessias pela equidade racial

CNPJ: 38.831.686/0001-35

(favor enviar comprovante de depósito para o email: contato@projetotravessias.org.br, com nome completo e CPF do doador)

 

Como posso fazer uma doação pessoa jurídica pontual?

 

As doações recorrentes mensais para pessoa jurídica podem ser feitas por boleto ou cartão de crédito através deste link (https://projetotravessias.colabore.org/doe_travessias_deslocar_o_olhar_pj/people/new). Ou se preferir, pode fazer um transferência bancária na conta:

Banco Itaú

Ag. 0300

C/C: 45178-8

Associação travessias pela equidade racial

CNPJ: 38.831.686/0001-35

(enviar comprovante de depósito para o email: contato@projetotravessias.org.br, com razão social e CNPJ da empresa)

Como faço para atualizar meus dados cadastrais, informações de pagamentos ou aumentar o valor da minha doação?

 

Todas estas atualizações podem ser feitas diretamente na página do doador, clicando em Área do Doador (no cabeçalho) ou pode ser acessada neste link: https://projetotravessias.portaldodoador.org/

No caso de doações recorrentes, elas serão no modelo de “bolsas integrais”?

Temos diferentes modelos de doações recorrentes com diversos níveis de contribuições. A doação de uma bolsa integral corresponde à mensalidade e todas as despesas acessórias (uniforme, transporte, alimentação, material escolar e suporte de assistência social e psicológica). A doação será impessoal, não atrelada à identidade de um/a bolsista específico/a.

Como meu dinheiro será usado?

A Associação Travessias concentra todas as doações recebidas em uma conta bancária, cujo saldo será investido, necessariamente, em aplicações financeiras de baixo risco, seguindo o modelo dos fundos patrimoniais. A Associação tem uma política financeira que define o percentual da receita a ser gasto com mensalidades no ano e o quanto será poupado para anos futuros. A política financeira também definirá a quantidade de novos alunos bolsistas a cada ano. As demonstrações financeiras da Associação Travessias são feitas de acordo com as práticas contábeis vigentes no Brasil e publicadas com total transparência no Relatório Anual do Projeto Travessias, neste site.

 

Filhos de funcionários da Escola podem ser bolsistas do Projeto Travessias?

O cuidado e a valorização de todos os profissionais da escola é um valor institucional da Escola Vera Cruz. Os funcionários da Escola já têm direito a bolsa integral para até dois filhos, como política de Recursos Humanos da Escola. Caso tenham mais de dois filhos, sim, poderão ser candidatos a bolsas pelo Projeto Travessias. Se você trabalha na Escola Vera Cruz e se enquadra nos critérios do Edital do Projeto Travessias, procure o departamento de Recursos Humanos para conhecer o programa de extensão dos benefícios aos bolsistas que se encontram nessa condição.

 

 

Por que o G5 é a principal porta de entrada de bolsistas?

Na Escola Vera Cruz, o G5 é o ano escolar de entrada na Unidade Rua Dona Elisa de Moraes Mendes, que já tem um processo de adaptação para os alunos muito bem concebido e estruturado. A integração dos bolsistas, nesse contexto, parece adequada, principalmente em função dos pontos comuns que unem a experiência escolar de todos os alunos que chegam. No G5 – início de uma nova fase escolar –, novas turmas são montadas para misturar alunos oriundos do G4 e novos alunos. Essas turmas que se formam conviverão no mesmo espaço e com a mesma equipe de educadores por 3 anos. Bem diferente seria uma entrada no G4, série em que as crianças chegariam em turmas já formadas e com uma história de alguns anos juntas; além disso, nesse caso, alunos ingressantes permaneceriam na unidade em questão apenas por um ano e, depois disso, romperiam vínculos com a equipe de profissionais, com o espaço e com os colegas.

Há risco de o projeto ser suspenso por alguma razão?

A Escola Vera Cruz garante as Bolsas de Estudos por toda a vida escolar do aluno que já tenha ingressado no Projeto, até a conclusão do último ano do Ensino Médio, desde que cumprido o mesmo Regimento Escolar que é válido para todos os alunos do Vera Cruz e os critérios de edital.

Como as bolsas são financiadas 50% pela Escola e 50% pela Associação Travessias, caso as metas de captação de recursos (descritas abaixo) não sejam atingidas, a entrada de novos bolsistas pode precisar ser interrompida. Assim, as doações feitas para a Associação Travessias são essenciais para que o Projeto possa continuar a conceder novas bolsas todos os anos. O engajamento de todos nas campanhas de captação de recursos é fundamental para perpetuidade e ampliação do Projeto Travessias.

 

Os recursos do Projeto Travessias terão transparência ao público?

 

Sim. As demonstrações financeiras da Associação Travessias são feitas de acordo com as práticas contábeis vigentes no Brasil, certificadas por auditoria independente, e publicadas com total transparência no Relatório Anual do Projeto Travessias, publicado nesse site.

 

Qual é a projeção de custo para a Associação Travessias ao longo dos anos?

Em 2021, o valor projetado é de R$606.042,00 para o financiamento das 18 bolsas (considerando o desconto de 50% fornecido pela Escola), além das despesas de uniforme, transporte, alimentação e material escolar.

À medida em que 18 novos alunos continuam entrando nos anos seguintes, a projeção de investimentos sobe para R$1.212.084 em 2022 (com 36 alunos), R$1.818.126 em 2023 (com 54 alunos), R$2.430.252 em 2024 (com 72 alunos) e R$3.042.378 em 2025 (com 90 alunos).

A dinâmica de implementação do Projeto se completa em 13 anos, quando o Travessias deve contemplar 270 alunos, ao custo anual de R$8.207.784.

Nos anos seguintes, a formatura de bolsistas no Ensino Médio passaria a equivaler à entrada de novos bolsistas no G5, estabilizando os números do Projeto Travessias. 
 

Como é definida a meta de captação de recursos e a política financeira da Associação Travessias?

Previsibilidade: Recursos em Caixa, com liquidez financeira, sempre equivalentes ao custo do Projeto nos dois anos seguintes.

Metas de Capitação: as campanhas de arrecadação também visam arrecadar o equivalente ao custo do Projeto nos dois anos seguintes, ou 125% do custo de longo prazo.

 

Sustentabilidade: ao menos 20% do valor da meta de captação é aportado no Fundo de Reserva, para garantir o compromisso com a perenidade do Projeto Travessias

Compromisso com a vida escolar dos estudantes (CVE): metas de capitação apontam para recursos da Associação suficientes para 100% do CVE, a partir de 10 anos do lançamento do Projeto. A necessidade de garantia da Escola cai de 59% em 2021 para 0% em 2031.

Apresentação Travessias 20 06 21.jpg